Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

0.87 cêntimos

0.87 cêntimos

Middle life crises

Helena, 25.11.22

Lembro-me perfeitamente que uma das bandas preferidas quando era jovem, tinha este tema. Devo voltar a ouvi-lo para prestar bem atenção à mensagem, porque naquela altura quando ouvia, sinceramente era mais pelo ritmo e barulheira que fazia.

Agora, já me faz mais sentido, ouvir o que as letras têm para me dizer.

Isto porque, ironia ou não estou quase a chegar ao meio século. Gosto muito de dizer isto, lol, "tenho quase meio século."

Nunca pensei chegar aqui, a esta idade, diga-se de passagem. Quando era mais nova, nem nunca tive essa visão de mim mesma com quase o meio século, provavelmente pensaria que ficaria jovem para sempre e que essa idade seria uma ideia demasiado abstrata e longínqua de mim mesma. Normalmente as pessoaos não gostam de dizer, acham-se velhas etc. Eu não. De certo forma, tenho orgulho da minha idade e penso:

" como consegui chegar aqui?"  Certo, certo, certo, agora diz-se que os 50, são os novos 40 ou sei lá o quê, mas quando eu era jovem, uma mulher de 50, já achávamos cinquentona , ou seja uma cota.

Se me sinto velha? sinto! Já não tenho a pujança de antigamente!

Mas sinto-me diferente. Aí há mudança. Não sinto que a pujança de antigamente me faça falta, pelo contrário. Mas é necessário mantermos uma certa pujança, ou seja interesse pela nossa vida, para nos sentirmos vivos.

Os interesses são outros, naturalmente a vida é outra.

4 comentários

Comentar post