Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

0.87 cêntimos

0.87 cêntimos

Ode ao sábado

Helena, 04.02.23

Devia fazer uma ode ao sábado, mas não é bem o meu estilo. Quem sabe um dia?

Adorooo os sábados. É o meu dia preferido. Faço uma extensão do sábado, a partir da sexta-feira, quando termino tudo e chego a casa. Sinto logo os seus efeitos.

O meu cérebro envia-me a mensagem: " podes relaxar, estás em casa!"

E como hoje é sábado, tinha que escrever HOJE, levantei-me cedinho, para escrever neste dia, e não programar os posts, como faço normalmente.

O sábado é para mim, como um dia de férias, um dia inteirinho só para mim, um dia equivalente a libertação! Férias, férias, férias!!! É um dia também que normalmente não recebo más notícias. Nada, zero, nicles.

Faço o que quero, às horas que quero.

Podemos levantarmo-nos à hora que queremos e não à hora marcada pelo despertador, digam lá se não há maior libertação do que isso????

Claro que no sábado também costumo ter tarefas marcadas, domésticas, mas não há stress, ou fazemo-las juntas, eu e os putos, para despachar e ter tempo livre, ou fazemos metade e o resto fica para domingo.

Se não tiver nada para fazer, nem planos marcados, aí é a felicidade plena, posso conjeturar onde posso gastar o dia todinho da maneira que mais gosto!

Se tiver planos e os mudar à última da hora só porque quero estar em paz e sossegada no meu canto, também é uma boa opção.

Também poderá ser o dia em que faço planos para qualquer lado e vou-me divertir com os putos.

Basicamente é um dia FELIZ!

E se estiver sol, é a cereja no topo do bolo!