Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

0.87 cêntimos

0.87 cêntimos

Nature

Guarda rios, 29.08.23

Uma jornalista britânica publicou um livro " Perder o paraíso" que indica que " as nossas mentes precisam de Natureza".

Concordo plenamente. 

Indica que caminhar na Natureza reduz a ruminação mental e áreas do cérebro associadas a doenças mentais. Concordo, e nada como a Natureza para nos retirar de situações de stress e desviar a nossa atenção para outras, para algo que nos transmite paz, serenidade e descanso.

As cores, os cheiros, as texturas, o caminhar, observar e mesmo ouvir o canto dos pássaros ou bichos em redor é sempre agradável e relaxante.

Sentir o toque no tronco rugoso de uma árvore, observar as nuvens, sentir a areia nos pés, ou caminhar à beira mar e saltar de rocha em rocha, a Natureza  proporciona-nos uma  panóplia de experiências. É só escolher... e desfrutar....

E tu? Qual a experiência que gostas mais de fazer na natureza?

Janela para a natureza

Guarda rios, 27.04.22

É com grande alegria, privilégio e deleite para os meus olhos que tenho uma janela virada para a natureza.

Literalmente.

Eu que adoro bicharada, nunca consegui viver sem eles, é como se tivéssemos filhos que nunca crescem, mas que estão sempre ali junto de nós.

Quando a minha filha resolveu no início do ano comprar uma calopsita, eis que tudo começou.

Resolvi, tempos depois arranjar outra. E como não gosto dos pássaros fechados numa gaiola, resolvi criar um espaço só para eles.

E onde? foi fácil.

Junto à janela da sala, arranjei uma tábua de uma lado ao outro em frente à janela, coloquei comida, água, vaso de plantas e ainda uma floreira com areia da praia.

Em cima e entre os espaços coloquei ramos de árvores para saltitarem de um lado para o outro.

E estão felizes.

Adoro acordar pela manhã, e observar um pedaço de natureza à minha frente: a comerem, a limparem as penas e a saltitar de ramo em ramo.

Muitas vezes resolvem fazer altos voos pela sala e depois voltam para os ramos improvisados.

Para além da calopsita, juntei um casal de periquitos, que inicialmente todos estranharam a presença de uns e outros.

Por mais incrível que pareça, as calopsitas é que estranharam mais!!!! Sempre que viam as miniaturas dos periquitos perto deles num ramo, fugiam para o outro lado!